NOSSODIA Online
NOSSODIA Publicidade
Londrina, 19 de Novembro de 2017
nossotrampo

Feira de cursos técnicos - Chance de qualificação

São 13 cursos gratuitos disponíveis em sete colégios estaduais de Londrina; inscrições poderão ser realizadas nesta segunda e terça-feira, no Sine

18/06/2017
Simoni Saris
Grupo Folha

Muitos profissionais que passam pelo Sine/Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda de Londrina não têm a qualificação necessária para se candidatar às vagas de trabalho disponíveis. Por outro lado, os cursos técnicos ofertados nos colégios estaduais costumam ter vagas ociosas por falta de alunos interessados. Com o objetivo de aproximar quem precisa de uma maior qualificação para conseguir a recolocação no mercado de trabalho com as instituições de ensino, a secretaria realiza, nesta segunda (19) e terça-feira (20), uma nova edição da Feira de Cursos Técnicos, das 8 às 14 horas.
A primeira edição da feira neste ano aconteceu nos dias 12 e 13 de junho. "Tivemos uma procura muito grande e decidimos fazer mais uma edição. Teve gente que veio ao Sine exclusivamente para se inscrever para os cursos", disse o secretário municipal do Trabalho, Emprego e Renda, Elzo Augusto Carreri.
Os cursos são gratuitos e têm duração de um a dois anos. Para ingressar em alguns deles é necessário ter o ensino médio completo. Para outros, o aluno pode estar cursando o ensino médio e conciliar os estudos. As aulas acontecem no período noturno e começam no dia 26 de julho. Em 30 de junho será divulgada a lista com os candidatos selecionados para cada curso.
As aulas são ofertadas por sete colégios, em diversas regiões da cidade, e ao todo são 13 cursos disponíveis: técnico em logística; técnico em administração; técnico em eletrônica; técnico em eletromecânica; técnico em química; técnico em alimentos; técnico em edificações; técnico em nutrição e dietética; técnico em segurança do trabalho; técnico em enfermagem; técnico em cuidado com a pessoa idosa; técnico em transações imobiliárias (habilita para ser corretor de imóveis); técnico em contabilidade e magistério. Para cada curso são ofertadas 35 vagas.
Diariamente, o Sine atende entre 450 e 500 pessoas desempregadas que vão até o órgão em busca de vagas de trabalho ou para dar entrada no seguro-desemprego. Segundo Carreri, os profissionais do Sine perceberam que muitos deles não têm uma profissão definida enquanto outros precisam de um aperfeiçoamento para se reposicionar no mercado de trabalho. "Observamos que não conseguimos preencher algumas vagas oferecidas aqui pelas empresas porque não têm profissionais qualificados no mercado. E esses cursos dão qualificação. Para muitos dos cursos técnicos oferecidos aqui, quando o aluno termina os estudos ele já está praticamente empregado", garantiu o secretário.

Serviço
Os interessados em se inscreverem para os cursos técnicos devem comparecer ao Sine (rua Pernambuco, 162) nesta segunda e terça-feira, das 8 às 14 horas, com os documentos pessoais.