NOSSODIA Online
NOSSODIA Publicidade
Londrina, 19 de Novembro de 2017
nossoesporte

SÉRIE B - Artilharia pesada

Tubarão retorna de Maceió com um dos melhores ataques da competição nacional e com o centroavante Jonatas Belusso na liderança da artilharia após o "hat-trick"

18/06/2017
Lucio Flávio Cruz
Grupo Folha

Ricardo Chicarelli
Camisa 9 alviceleste já balançou as redes seis vezes no Campeonato Brasileiro

O centroavante Jonatas Belusso foi o cara na grande vitória do Londrina por 3 a 0 sobre o CRB, no sábado (17), em Maceió. O atacante confirmou o seu faro de matador e com o "hat-trick" no Rei Pelé assumiu a artilharia isolada da Série B, com seis gols. Além de viver uma tarde inspirada, o artilheiro alviceleste contou com a ótima parceria com Celsinho, autor das assistências nos dois primeiros gols. O passe para o terceiro gol foi de Marcinho.
O LEC surpreendeu o adversário com um gol logo a cinco minutos e depois soube aproveitar bem o desespero do time alagoano, que acumulou a sua quinta derrota seguida, para construir a sua vitória mais elástica até aqui no Brasileiro. Em oito rodadas foi o terceiro jogo que a equipe marcou três gols. O Tubarão tem agora o segundo melhor ataque da Série B, ao lado do Internacional, com 12 gols, e ficando apenas atrás do Guarani, que fez 13.
"A minha maior felicidade foi pelo resultado. E seria a mesma se tivesse feito um gol apenas ou se outro jogador tivesse marcado e garantido a nossa vitória. Estudamos muito o CRB e tivemos maturidade nos momentos certos para colocar a bola no chão e construir as jogadas de ataque", frisou Belusso, em entrevista à Rádio Paiquerê AM. O atacante alviceleste ultrapassou Tiago Marques, do Juventude, na lista dos artilheiros. O jogador do time gaúcho já balançou as redes cinco vezes.

Enfim um matador
Sofrendo com a falta de artilheiros nas últimas temporadas, o Londrina foi buscar Jonatas Belusso após uma campanha impecável pelo Brusque no Campeonato Catarinense. O jogador não tem decepcionado a confiança nele depositada e já caiu nas graças do torcedor. "Em dezembro, quando fiz os meus planos para 2017 projetava o melhor ano da minha carreira. Em seis meses já fiz 18 gols, que é um número expressivo para quem jogou em um time pequeno no Estadual e agora está na Série B. É muito gratificante pelo trabalho que venho fazendo".
A vitória também foi importante para o meia Celsinho, que saiu como vilão do empate com o Oeste, após desperdiçar uma penalidade máxima. O 10 alviceleste ressaltou a qualidade de Belusso e o entrosamento que começa a surgir com o atacante. "O Belusso é um matador e o entrosamento vem acontecendo. Ele se posiciona muito bem e demorei um pouco para entender esse posicionamento e as movimentações em facão e nas diagonais. Tive a percepção dos movimentos para encaixar os passes nos gols", apontou. Para o técnico Claudio Tencati as vitórias como visitante – o LEC já havia vencido o Santa Cruz – têm acontecido porque o time tem jogado da mesma forma em casa e fora, sem abrir mão de ser ofensivo. "Nós já vinhamos construindo um encaixe com Artur e Belusso, com gols e assistência. Faltava um jogador de mais aproximação e o Celso é o homem da articulação, organização e ótimo passe, como nos lances dos gols do Belusso", afirmou o comandante. (L.F.C.)


De olho no G4
A vitória em Maceió fez o LEC subir cinco posições na classificação e terminar a rodada em sexto lugar, com 12 pontos. Com dois jogos seguidos no estádio do Café – Criciúma, na terça (20) e Juventude, sábado (24) – o Tubarão vislumbra a possibilidade real de entrar no G4. O tropeço de equipes que estão na parte de cima da tabela, deixou a competição muito embolado entre os primeiros colocados. O Juventude segue como líder, com 18 pontos, e na sequência aparecem Guarani (15), Vila Nova (14), Santa Cruz e Internacional (13). Para entrar no grupo dos quatro primeiros, o LEC, porém, vai ter que melhorar o seu aproveitamento em casa. O time conquistou apenas cinco dos 12 pontos disputados no Café. "Não podemos falar em outros resultados que não sejam vitórias nestas duas partidas. Temos condições de enfrentar de igual para igual estes adversários e somar os seis pontos. É hora de aproveitar este momento e emplacar duas vitórias em casa", afirmou o meia Celsinho. O técnico Claudio Tencati será obrigado a fazer uma alteração, em razão do terceiro cartão amarelo recebido pelo zagueiro Silvio. Marcondes será o substituto. Nas demais posições, a formação será mantida. O Londrina já iniciou a venda dos ingressos para o confronto de terça, às 20h30. Antecipadamente, a arquibancada custa R$ 30 (R$ 15 a meia) e as cadeiras, R$ 50 (R$ 25, a meia). (L.F.C.)