NOSSODIA Online
NOSSODIA Publicidade
Londrina, 14 de Dezembro de 2017
nossoesporte

Boa fase - A volta por cima de Ayrton

Após oscilar em algumas partidas e perder a posição, lateral Ayrton comemora o retorno do bom futebol no Londrina

12/10/2017

Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Emprestado pelo Fluminense, Ayrton despista sobre seu futuro ano que vem: "Estou bem focado no Londrina"


Um dos jogadores mais regulares do Londrina ao longo da temporada, o lateral Ayrton oscilou em algumas partidas da Série B, chegou a perder a posição de titular, mas agora quer retomar o caminho das boas apresentações para fechar bem o ano.
Aproveitando a boa parceria com o Fluminense, que já havia emprestado Léo Pelé em 2016, o LEC buscou também em Xerém mais um lateral esquerdo para 2017. Ayrton foi titular durante todo o Paranaense, e na Série B começou jogando em 22 das 28 partidas disputadas até aqui. A única vez em que ficou fora por opção técnica foi no empate com o Santa Cruz, no returno. Quaresma atuou no seu lugar.
O lateral reconheceu que caiu de produção em algumas partidas e que o tempo fora do time foi importante para reencontrar o melhor futebol. "Para qualquer jogador é muito difícil manter o nível em 38 jogos. Este período foi bom para eu voltar com mais atenção", afirmou o jogador de 20 anos.
"Eu nunca abaixei a cabeça e continuei trabalhando. Tive cabeça boa e sabia que ia ter uma oportunidade novamente".
Com dois gols marcados na Série B, Ayrton revelou que teve uma conversa com o técnico Claudio Tencati durante o período de instabilidade e que a confiança do treinador no seu futebol foi fundamental para que ele mantivesse o foco no trabalho. "Eu tive uma conversa boa com o treinador (Tencati) e sei que tenho que procurar evoluir sempre. Felizmente, este momento já passou e agora é manter o trabalho para terminar o ano bem".
Parece que realmente a má fase de Ayrton ficou para trás. O jogador tem feito bons jogos nas últimas partidas e, apesar da idade, mostrou muita personalidade nos jogos decisivos da Primeira Liga. Na decisão nos pênaltis contra Cruzeiro e Atlético-MG o lateral converteu as duas cobranças, o que ajudou o Londrina a ser campeão. Emprestado ao LEC até o fim da Série B, o lateral ainda não sabe sobre o seu futuro. (Lucio Flávio Cruz/Grupo Folha)