NOSSODIA Online
NOSSODIA Publicidade
Londrina, 23 de Abril de 2018
nossoesporte

Libertadores - Palmeiras 'Tevez' castigo no final

Verdão faz gol aos 44 minutos do segundo tempo, mas vacila e vê craque argentino empatar para o Boca nos acréscimos e calar o Allianz Parque

12/04/2018

Jales Valquer/Fotoarena/Estadão ConteúdoCarlitos Tevez marcou o gol do Boca nos acréscimos do segundo tempo


O Palmeiras não conseguiu mostrar um bom futebol nesta quarta-feira (11), mas quase saiu do Allianz Parque com a vitória pela Copa Libertadores, já que achou um gol aos 44 minutos do segundo tempo com Keno. Quase, porque do outro lado, o ex-corintiano Tevez estava em campo e conseguiu empatar para o Boca Juniors aos 46, calando a arena.
Agora, o Palmeiras fica com 7 pontos, com 2 à frente do Boca, o vice-líder que tem 5. Os dois voltam a se encontrar na próxima rodada, mas agora em Buenos Aires, no dia 24 de abril, às 21h45. Junior Barranquilla e Alianza Lima completam o grupo e só jogam pela terceira rodada no próximo dia 19.
As duas equipes vieram para o primeiro tempo com esquemas táticos e propostas de jogo muito parecidas. O Palmeiras no 4-2-3-1 se postava quase igual ao 4-1-2-3 do Boca Juniors, e ambos defendiam quase a partir do meio-campo, com suas formações compactas e bom postadas. Resultado: ninguém jogou na primeira etapa.
A partir da metade final do segundo tempo, o jogo ganhou em emoção e ficou mais aberto. Com Keno, o mais lúcido dos últimos 45 minutos, o gol do Palmeiras saiu aos 44. Jara furou na saída de bola, Guerra atacou pela esquerda e cruzou de três dedos para o camisa 11 completar de primeiras para as redes.
O Allianz Parque veio abaixo com o tento, mas a festa durou menos de três minutos. No primeiro ataque xeneize, Antônio Carlos furou e Pavón levou para a linha de fundo. O atacante cruzou na área e Tevez desviou para as redes, fazendo o estádio trocar a comemoração pelas vaias aos jogadores palmeirenses.